Leia este artigo em:

Substituição de c.A2456C em Pck1 modifica a distribuição de gordura

O alelo A está claramente associado a um maior conteúdo de GI (até 20,4%) em dois dos três músculos analisados e também com um EGD 9,9% menor.

4ª feira 16 Novembro 2016 (há 1 anos 9 meses 6 dias)

Os porcos actuais são máquinas biológicas muito eficientes a converter a ração, o problema é que à sua carne falta gordura intramuscular, pelo que tem uma qualidade sensorial pobre já que factores como o sabor, suculência ou flavor são muito dependentes do conteúdo em gordura intramuscular (GI).

Encontrar SNPs que incrementem simultaneamente a GI, para que melhore a qualidade da carne e reduzam a espessura da gordura dorsal (EGD), para melhorar a rentabilidade da produção suína, não é fácil devido à conhecida correlação positiva entre ambos os caractéres, mas também não é impossível. Na procura de novos SNPs capazes de reduzir simultaneamente a EGD e incrementar a GI os investigadores dirigiram a sua atenção para a biologia comparativa: em 2007 demonstrou-se que um rato transgénico que sobre-expressava 100 vezes a forma citosólica da fosfoenolpiruvato carboxicinase (Pck1) num músculo esquelético quadruplicava o conteúdo em GI e reduzia consideravelmente tanto a gordura visceral como a subcutânea. Como este é exactamente o fenótipo desejado nos esquemas de selecção suína, pensamos que o gene suíno Pck1 poderia ser um bom candidato no qual procurar variabilidade.

Para estudar o papel potencial de Pck1 na deposição e a distribuição da gordura em porcos, foi sequenciado o promotor completo e as regiões codificantes do gene Pck1 em raças puras ou cruzamentos (Ibérico, Pietrain, Duroc x Landrace/Large White) que diferem muitos nos factores relacionados com a gordura. Nesta análise foi encontrado um SNP na sequência que codifica Pck1 que comporta a substituição de uma metionina por uma leuquina. Este SNP está muito associado a alterações no conteúdo e distribuição da gordura e também com a qualidade da carne no cruzamento Duroc x Landrace/Large White. A análise dos efeitos do SNP nas propriedades cinéticas, estruturais e funcionais da Pck1 purificada também revelam diferenças significativas entre os isoenzimas de Pck1, reforçando a hipótese de que c.A2456C contribui para as alterações fenotípicas detectadas nos cruzamentos Duroc x Landrace/Large White. Analisámos a substituição de c.A2456C no gene Pck1 em 202 animais do mesmo cruzamento Du x LD/LW para avaliar os seus efeitos sobre a distribuição de gordura e caractéres de qualidade da carne. As frequências genotípicas do cruzamento foram de 0,361 AA; 0,565 AC e 0,074 CC.

O alelo A está claramente associado a um maior conteúdo de GI (até 20,4%) em dois dos três músculos analisados e também com um EGD 9,9% menor, mostrando um padrão similar, ainda que não tão extremo, ao do rato trasngénico Pck1. Também foi encontrada uma forte relação entre uma maior capacidade para reter água em vários momentos post mortem e o alelo A. Esta maior capacidade para reter água (até 24%) está, provavelmente, relacionada com os maiores valores de pH24 também associados aos alelos A.

Pedro Latorre, Carmen Burgos, Jorge Hidalgo, Luis Varona, José Alberto Carrodeguas and Pascual López-Buesa. c.A2456C-substitution in Pck1 changes the enzyme kinetic and functional properties modifying fat distribution in pigs. Scientific Reports 6, Article number: 19617 (2016). doi:10.1038/srep19617

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags