Leia este artigo em:

Superfícies com nanoporos para reduzir a formação de biofilms

Este trabalho descreve um método para desenvolver superfícies com capacidade para reduzir a união microbiana e o desenvolvimento de biofilms, com possíveis aplicações em medicina, odontologia, processamento de alimentos ou tratamento de águas.

4ª feira 27 Abril 2016 (há 2 anos 7 meses 14 dias)

Este trabalho descreve um método para desenvolver superfícies com capacidade para reduzir a união microbiana e o desenvolvimento de biofilms, com possíveis aplicações em medicina, odontologia, processamento de alimentos ou tratamento de águas.

Para este estudo, fabricaram-se superfícies anódicas com nanoporos cilíndricos de 15 a 100 nm de diâmetro e puseram-se a incubar com Escherichia coli ATCC 25922 e Listeria innocua. As superfícies com poros de 15 e 25 nm de diâmetro reprimiram significativamente a união e a formação de biopelículas. As forças de interacção entre bactérias e superfície calculadas utilizando a teoria alargada de Derjaguin Landau Verwey-Overbeek (XDLVO) indicam que a redução na união e formação de biofilms se deve a uma sinergia entre a repulsão electrostática e a energia livre efectiva de superfície. Também um estudo de união, que utilizava estirpes E. coli K12 sem capacidade para expressar apêndices, sugeriu que as superfícies com poros pequenos podem inibir a união dependente de flagelos.

Feng G, Cheng Y, Wang SY, Hsu LC, Feliz Y, Borca-Tasciuc DA, Worobo RW, Moraru CI. Alumina surfaces with nanoscale topography reduce attachment and biofilm formation by Escherichia coli and Listeria spp. Biofouling. 2014;30(10):1253-68. doi: 10.1080/08927014.2014.976561.

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags