Pode-se evitar o odor sexual na carne se se deixa de castrar?

3ª feira28Nov20172017-11-282017-11-28
Col·legi d’Enginyers Agrònoms de Catalunya, Espanhahttps://goo.gl/viFZTc

O odor sexual é um defeito sensorial que pode estar presente na carne de porco e que pode implicar uma rejeição da carne por alguns consumidores.

A castração dos leitões pratica-se para reduzir o risco de aparecimento de odor sexual na carne, além de aumentar a percentagem de gordura infiltrada. Contudo, a Comissão Europeia redigiu a Declaração de Bruxelas que pretende acabar com a castração dos leitões em 2018. O objectivo desta sessão é apresentar os resultados finais de um projecto de investigação financiado pelo INIA (RTA2011-00027-CO2-01) que analisava o potencial de mercado e de qualidade de carne e produtos cárneos provenientes de porcos macho inteiros ante a perspectiva europea de proibição da castração.