Nova subida de 8 cêntimos coloca cotação dos porcos em patamares elevados

carcaças
carcaças

Na primeira quinzena de Junho a cotação dos porcos subiu 8 cêntimos na Bolsa do Porco

14 de Junho de 2019

Na primeira quinzena de Junho a cotação dos porcos subiu 8 cêntimos na Bolsa do Porco. A pouco e pouco, o preço que os produtores recebem pelos seus porcos, aproxima-se dos 2,00€/kg carcaça.

As vendas de carne no mercado interno de Portugal andam fracas, mas a maior procura de porcos para abate, em relação à oferta, faz com que a indústria tenha pouco argumentos e poder para não aceitar estas subidas no preço.

Em relação à Europa, o mercado continua bom com subidas generalizadas na cotação dos porcos já que as vendas de carne para Países Terceiros (principalmente a China) continuam a bom ritmo, apesar de alguma redução nos pedidos daquele país, mas também porque as vendas de carne fresca no mercado da U.E. melhoraram visto que regressou o bom tempo e com ele os barbecues tão tradicionais no Centro e Norte da Europa.

Os pesos dos porcos baixam com algum significado, o que é bem demonstrativo de que a procura de porcos para abate é superior à oferta por parte dos produtores, sejam eles produtores individuais sejam as grandes integrações. Aumentaram as temperaturas e com elas, reduz-se o crescimento dos porcos.

Com a China a comprar um pouco menos, em Maio, do que comprou em Março e Abril, apesar das suas compras serem superiores às do ano passado, o mercado flui com grande facilidade e espera-se que no final do Verão a China volte a comprar em força.

Em Espanha a cotação também subiu 0,041€/kg PV (+0,055€/kg carcaça) passando a cotação para 1,449€/kg (1,932€/kg carcaça) na primeira quinzena de Junho. Os pesos baixaram 875g em carcaça nesta quinzena.

Na Alemanha, a cotação subiu 0,05€/kg carcaça passando para 1,85€/kg carcaça apenas com uma descida de 100g no peso de carcaça, passando para 96,4kg. Os porcos vendem-se todos com grande facilidade e os produtores continuam com a intenção de fazer subir a cotação enquanto que os matadouros fazem alguma pressão para que as cotações se mantenham. Veremos quem vai ganhar este “braço de ferro”.

Na Holanda a cotação subiu 0,02€ para 1,85€/kg carcaça. A oferta de porcos está equilibrada com a oferta, mas o mercado alemão “arrasta” o preço holandês, seja nas subidas seja nas descidas. Na Bélgica a cotação manteve-se em 1,23€/kg PV.

A Dinamarca voltou a subir 0,02€/kg carcaça passando a cotação para 1,55€/kg. Com a chegada do bom tempo, aumentou a venda de carne em fresco para as churrascadas e isso permitiu que o mercado desanuviasse e se tornasse mais fluido, permitindo aumento da cotação.

Em França a cotação subiu 0,04€ nesta quinzena para se situar em 1,522/kg carcaça. Os pesos baixaram 130g para os 95,3 e estão 200g acima do peso da mesma semana de 2018. Esta subida deve-se ao feriado da Quinta-Feira da Ascensão que implicou um dia menos de abate em França.

As previsões para o futuro próximo do mercado do porco são boas. Esperemos para ver o que o Verão nos traz mais.

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags