Leia este artigo em:

Acordo comercial CETA: novas oportunidades de negócio para a UE no Canadá

O plenário do Parlamento Europeu votará, hoje, o acordo comercial entre a UE e o Canadá, conhecido como “CETA” nas suas siglas em inglês.

4ª feira 15 Fevereiro 2017 (há 2 anos 9 meses 28 dias)
gosto

A Comissão Parlamentar de Comércio Internacional já deu a sua aprovação no passado mês de Janeiro. Se os Eurodeputados deram a sua aprovação final nesta Sessão Plenária, o acordo poderá ser aplicado, de forma provisória, em Abril.

O comércio entre a UE e o Canadá representou 63500 milhões de euros em 2015 e calcula-se que essa cifra poderá chegar a ter um crescimento de cerca de 20 %.

O CETA eliminará a maioria dos direitos aduaneiros entre a UE e o Canadá, excepto os que se cobram nos serviços públicos, serviços audiovisuais e de transporte e alguns produtos agrícolas.

Protecção dos produtos da UE

A UE poderá exportar quase 92% dos seus produtos agrícolas e alimentícios para o Canadá sem taxas.

Contudo, a denominação de origem dos produtos da UE está protegida pelo CETA. O Canadá concordou em proteger 143 indicações geográficas da UE, onde 27 produtos espanhóis terão uma protecção especial em virtude do acordo. Os turrões de Jijona e Alicante, Guijuelo, Os presuntos de Huelva e Teruel ou as salsichas Vic e o açafrão manchego, entre outros, manterão o seu lugar único nos mercados de ambos lados do Atlântico.

Garantias

Todas as importações do Canadá devem cumprir as normas e regulamentos da UE.

O CETA não reduzirá nem mudará as normas existentes na UE em matéria sanitária, ambiental, social e de segurança. Tampouco reduzirá os direitos dos consumidores. Não modificará as normas de segurança alimentar da UE, incluindo as relacionadas com os organismos geneticamente modificados ou a proibição da carne tratada com hormonas.

Transparência

O texto do acordo com o Canadá esteve integralmente disponível online nos últimos dois anos, depois de se concluirem as negociações em Ottawa, a 26 de Setembro de 2014.

O CETA também foi declarado “acordo misto”, pelo que além da aprovação do Parlamento Europeu, necessita ser ratificado pelos Parlamentos Nacionais e Regionais. O que na prática implica que terá que superar um processo de profundo escrutínio.

Sexta-Feira, 10 de Fevereiro de 2017/ PE/ União Europeia.
http://www.europarl.europa.eu

Última hora

Reino Unido: prevenir o risco de PSA02-Jan-2018 há 1 anos 11 meses 11 dias

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim de notícias sobre o sector da carne de porco

Não estás inscrito na lista

06-Dez-201929-Nov-201922-Nov-201915-Nov-2019

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui