Leia este artigo em:

O balanço do Comércio Externo Agro-Alimentar espanhol em 2015 atingiu uma cifra record

O balanço do Comércio Externo Agro-Alimentar espanhol em 2015 atingiu uma cifra record ao aumentar 7,5% o valor das exportações.

4ª feira 22 Junho 2016 (há 2 anos 24 dias)

O Ministério da Agricultura, Alimentação e Meio Ambiente publicou o relatório anual do Comércio Externo de 2015, do qual se retira que o valor das exportações do sector agro-alimentar e pesqueiro atingiu uma cifra record ao chegar aos 44065 milhões de euros, o que representa um aumento de 7,5% relativamente a 2014. Pelo seu lado, as importações representaram 34079 milhões de euros, com o qual se gerou um saldo de 9987 milhões, com uma melhoria de 4,1% relativamente ao período anterior.

No contexto comunitário, em 2015 a Espanha manteve-se como o 4º exportador de produtos agro-alimentares com uma quota de exportação de 8,5%, atrás dos Países Baixos, da Alemanha e da França.

No contexto nacional, as exportações do sector agro-alimentar e pesqueiro representaram 17,6% das exportações do conjunto da economia, sendo o segundo sector logo atrás dos equipamentos para a indústria e à frente do automóvel.

Em 2015 as carnes seguiram a sua tendência crescente de exportações, 10,4%, devido ao aumento do volume exportado e da diversificação de destinos, ao aumentarem 20,4% as exportações para Países Terceiros.

Em 2015 a UE-28 continuou a ser o principal destino das exportações agro-alimentares e pesqueiras espanholas, com uma quota de 75,2%. O valor exportado aumentou 6,4%, graças a uma melhoria de 8,5% no preço médio de exportação. As importações também foram predominantemente de origem comunitária, 54,7% e diminuiram 5,9%, dando lugar a um saldo positivo de 14493 milhões de euros.

O principal sócio comercial foi a França, com 22,7% da quota de exportação e 28% da de importação. Os produtos mais exportados para este país foram os citrinos, a carne de porco e as hortaliças frescas. Na importação destacaram-se o milho, o trigo, o queijo e peixe fresco.

Não obstante, os países extracomunitários têm cada vez um maior peso no comércio externo agro-alimentar e pesqueiro. Em 2015 as exportações para Países Terceiros aumentaram 10,9% devido a um aumento de 7,1% dos volumes exportados. As importações destes destinos também aumentaram, 12%, neste caso devido a um aumento do preço médio, o que originou um saldo negativo de 4506 milhões de euros.

Sexta-Feira, 17 de Junho de 2016/ MAGRAMA/ Espanha.
http://www.magrama.gob.es

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim de notícias sobre o sector da carne de porco

Não estás inscrito na lista

13-Jul-201806-Jul-201829-Jun-201822-Jun-2018

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui