Leia este artigo em:

Desaceleração na produção mundial de carne de porco

A China proporcionará 50%, ou 7 milhões de toneladas, da produção adicional, ainda que o volume total seja significativamente menor em relação aos anos de persistente excesso de oferta da última década, de 11 Mt.

6ª feira 15 Julho 2016 (há 2 anos 4 meses 25 dias)

O aumento da produção mundial de carne de porco irá desacelerar-se durante a próxima década, de acordo com "Perspectivas agrícolas OCDE-FAO 2016-2025".

A China proporcionará 50%, ou 7 milhões de toneladas, da produção adicional, ainda que o volume total seja significativamente menor em relação aos anos de persistente excesso de oferta da última década, de 11 Mt. O efectivo suíno da China reduziu-se de forma importante nos últimos três anos (uma descida de 25 milhões de porcos entre 2012 e 2015) como resultado da consolidação no sector, combinado com a aplicação da Lei de Protecção do Meio Ambiente da China que restringe a produção de porcos no sul do país, favorecendo a transferência da produção para o Norte. A América do Norte, depois de se recuperar dos efeitos prejudiciais da Diarreia Epidémica Suína (DES), contribuirá com 14% da oferta de carne de porco adicional. São observadas taxas de crescimento da produção durante o periodo estudado no Brasil, Federação da Rússia e Vietname. A produção na União Europeia crescerá marginalmente já que os mercados estrangeiros, incluindo uma menor procura de importações da China e da Federação da Rússia, não são encorajadores de uma ampliação do sector.

O consumo de carne de porco numa base per capita continua a ser relativamente estável durante o periodo analisado com um consumo que alcança níveis saturados para a maioria dos países desenvolvidos. Dentro dos países em desenvolvimento, no entanto, o consumo per capita de carne de porco continuará a sua expansão com crescimentos na Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. O consumo de carne de porco cresceu rapidamente nos últimos anos na América Latina, impulsionado pelo aumento da produção nacional, a melhoria da qualidade e os preços relativos favoráveis que posicionaram a carne de porco como uma das carnes preferidas junto à carne de ave.

Segunda-feira, 4 de Julho de 2016/ FAO.
http://www.fao.org

Última hora

Previsto aumento da produção de carne em 202518-Jul-2016 há 2 anos 4 meses 22 dias
Previsões para as exportações de carne em 202514-Jul-2016 há 2 anos 4 meses 26 dias

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

Última hora

Um boletim de notícias sobre o sector da carne de porco

Não estás inscrito na lista

07-Dez-201830-Nov-201823-Nov-201816-Nov-2018

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui