Leia este artigo em:

Desenvolvimento de sensores de deterioração de carne e pescado de baixo custo e ecológicos

Os “sensores de gás elétrico baseados em papel” (PEGS) detectam gases deteriorantes, como amoníaco e trimetilamina, em carnes e pescado, assim reduzem o desperdício de alimentos em supermercados e consumidores.

2ª feira 29 Julho 2019 (há 3 meses 20 dias)
gosto

Estes protótipos de sensores, desenvolvidos no laboratório do Imperial College London, custam dois centavos de dólar cada um. Os “sensores de gás eléctricos a base de papel” (PEGS) são feitos de eletrodos de carbono impressos em papel de celulose prontamente disponível. Os materiais são biodegradáveis e não tóxicos, portanto não prejudicam o meio ambiente e são seguros para uso em embalagens de alimentos.

Os sensores são combinados com as etiquetas de "near field communication (NFC)", uma série de microchips que podem ser lidos em dispositivos móveis próximos.

Durante os testes de laboratório em pescado e frango embalados, o PEGS detectou resíduos de gases em deterioração de forma rápida e mais precisa do que os sensores existentes, a um preço bem menor.

Quarta-feira, 3 de Julho de 2019/ AINIA/ Espanha.
http://www.guiaenvase.com

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim de notícias sobre o sector da carne de porco

Não estás inscrito na lista

15-Nov-201908-Nov-201931-Out-201925-Out-2019

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui