Leia este artigo em:

Dia Mundial Veterinário centrado na resistência antimicrobiana

Durante toda o dia, por todo o mundo, destacaram-se numerosas iniciativas lideradas por veterinários nos seus países com a intenção de sensibilizar o público sobre o tema da resistência antimicrobiana.

3ª feira 9 Maio 2017 (há 2 anos 5 meses 8 dias)
gosto

Este ano, o evento destacou a importância de preservar a eficácia dos tratamentos antimicrobianos, que constituem recursos essenciais para proteger a saúde pública, assim como a sanidade e bem-estar animal. Durante toda o dia, por todo o mundo, destacaram-se numerosas iniciativas lideradas por veterinários nos seus países com a intenção de sensibilizar o público sobre este tema essencial.

Resistência aos antimicrobianos - Da sensibilização à acção

A disponibilidade e o uso de medicamentos antimicrobianos transformaram a prática da medicina humana e veterinária. As infecções que já foram letais podem-se, agora, tratar e o uso dos agentes antimicrobianos melhorou tanto a saúde mundial como a sanidade animal, o que constitui uma componente chave das políticas de melhoria do bem-estar animal, da segurança alimentar e  da inoquidade dos alimentos.

Preservar a eficácia destes medicamentos que salvam vidas, assim como a sua disponibilidade e a sua eficácia no uso humano e veterinário, é essencial para proteger o nosso futuro. No entanto, a aplicação excessiva e indevida de agentes antimicrobianos no homem, nos animais e nas plantas acelerou drasticamente o aparecimento da resistência aos agentes antimicrobianos.

Durante a assembleia geral das Nações Unidas, em Setembro de 2016, reconheceu-se que "a resistência aos antimicrobianos reduz a nossa capacidade de proteger a sanidade dos animais e, portanto, constitui uma ameaça para uma alimentação segura e sustentável, do mesmo modo que para a produção agrícola".

Os profissionais do campo veterinário cumprem um papel chave na luta contra a resistência aos agentes antimicrobianos, ao serem os interlocutores directos dos agricultores e proprietários de animais e podem gerar uma mudança sustentável nos comportamentos com vista  a conseguir um uso prudente e responsável dos antimicrobianos.

“Através da sua função na sobrevivência no uso dos agentes antimicrobianos, o aconselhamento profissional a agricultores e proprietários de animais e a colaboração no sector da saúde humana, os veterinários exercem uma função essencial na luta contra a ameaça que representa a resistência aos antimicrobianos. De facto, ocupam um lugar preponderante na promoção de métodos de produção animal e na implementação de estratégias de vacinação racionais” explica a Dra. Monique Eloit, directora geral da OIE. “Igualmente, têm a responsabilidade de sensibilizar agricultores e proprietários de animais sobre o uso prudente dos antibióticos. Estas ações estão apoiadas pela estratégia mundial da OIE de luta contra a resistência aos antimicrobianos”.

Uso responsável dos antimicrobianos.
Uso responsável dos antimicrobianos.

 

Sábado, 29 de Abril de 2017/ OIE.
http://www.oie.int

Última hora

Reino Unido: prevenir o risco de PSA02-Jan-2018 há 1 anos 9 meses 15 dias

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim de notícias sobre o sector da carne de porco

Não estás inscrito na lista

11-Out-201904-Out-201927-Set-201920-Set-2019

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui