Leia este artigo em:

A EFSA confirma níveis seguros de nitritos e nitratos presentes nos alimentos

Os níveis de segurança existentes para nitritos e nitratos que se juntam à carne e a outros alimentos são suficientemente seguros para os consumidores, segundo concluiu a EFSA após reavaliar a sua segurança.

2ª feira 19 Junho 2017 (há 2 anos 5 meses 23 dias)
gosto

Os sais de nitrito e nitrato de sódio e potássio (E 249-252) estão autorizadas como aditivos alimentares na União Europeia. Utilizam-se em produtos cárneos, peixe e queijo para impedir o crescimento microbiano, em particular para proteger contra o botulismo, bem como para conservar a cor vermelha da carne e melhorar o seu sabor. O nitrato também se encontra naturalmente em elevadas concentrações nalguns vegetais e pode entrar na cadeia alimentar como contaminante ambiental - principalmente na água.

A Autoridade Europeia de Segurança Alimentar (EFSA) reavaliou a segurança de nitritos e nitratos que são incoroprados aos alimentos como sendo parte do programa de reavaliação da EFSA de todos os aditivos alimentares autorizados na UE antes de 2009. Baseando-se nas análises disponíveis, a EFSA conclui que não há necessidade de modificar os níveis de segurança previamente estabelecidos para nenhuma das substâncias.

A ingestão diária admissível (ADI) actual de nitratos é de 3,7 mg/kg de peso corporal por dia. O nível seguro de nitritos foi restabelecido em 0,07 mg/kg pc por dia, próximo da ADI existente e ligeiramente mais conservadora de 0,06 mg/kg pc por dia.

A exposição dos consumidores aos nitritos e nitratos, unicamente a partir de aditivos alimentares, encontra-se dentro de níveis seguros para todos os grupos da população (inferior a 5% da exposição geral aos nitratos nos alimentos), com a excepção de um ligeiro excesso em crianças cuja dieta é alta em alimentos que contêm estes aditivos. Contudo, se se consideram todas as fontes de nitritos e nitratos na dieta (aditivo alimentar, presença natural nos alimentos e contaminantes ambientais), pode-se superar o nível seguro em indivíduos de todas as idades com uma exposição média a alta.

Os peritos da EFSA também estimaram a formação de nitrosaminas dentro do corpo após o uso de nitritos como aditivos alimentares. Concluiram que quando se utilizam nitritos em níveis aprovados, a sua contribuição para a exposição geral às nitrosaminas é de baixa preocupação para a saúde.

Quinta-Feira, 15 de Junho de 2017/ EFSA/ União Europeia.
http://www.efsa.europa.eu

Última hora

Reino Unido: prevenir o risco de PSA02-Jan-2018 há 1 anos 11 meses 10 dias

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim de notícias sobre o sector da carne de porco

Não estás inscrito na lista

06-Dez-201929-Nov-201922-Nov-201915-Nov-2019

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui