Leia este artigo em:

Espanha: terceiro fornecedor de carne de porco para a China

Espanha situa-se de novo como terceiro fornecedor de carne de porco para a China, atrás dos EUA e Alemanha e à frente da Dinamarca.

2ª feira 27 Março 2017 (há 2 anos 6 meses 17 dias)
gosto

Em 2016 as vendas de produtos suínos de Espanha para a China acentuaram as subidas de anos anteriores e alcançaram o valor de 734 milhões de $USD e 401.578 t, uma subida de 84% no valor e de 73% no volume sobre o ano anterior, situando Espanha, de novo, em terceiro fornecedor para a China após os EUA e a Alemanha e à frente da Dinamarca, que ocupa o quarto posto, segundo informações publicadas pelo MAPAMA no seu boletim "Notícias del Exterior".

Evolução das exportações espanholas de porco para a China durante os últimos 4 anos.
Evolução das exportações espanholas de porco para a China durante os últimos 4 anos.

 

Relativamente ao ano de 2014 as vendas de porco multiplicaram-se por 2,5. Dentro dos produtos de suíno, as carnes congeladas ascenderam a 520 milhões de $USD e 260.053 t (+ 104%), os sub-produtos a 182,2 milhões de USD$ e 111.245 t, a gordura de porco a 29,1 milhões e 30.175 t e os produtos salgados e curados (partidas 0210 e 1602), 4 milhões de € e 145 t.

Nas carnes congeladas de suíno, a Espanha é o segundo fornecedor, atrás da Alemanha e à frente dos EUA. Relativamente a anos anteriores, nas exportações espanholas a carne ganha importância por mais um ano relativamente aos sub-produtos, já que passa a representar 70% do total. Os sub-produtos valem 24%, a gordura 4% e os produtos curados 0,5%. Nas vendas da Alemanha também dominam as carnes, ao passo que nas do primeiro fornecedor para a China, os EUA, as vendas de sub-produtos duplicam as de carnes.

Considerando todas as origens, a China importou em 2016 em valor de mais de 5.700 milhões de $ e 3 milhões de t de suíno, ou seja, aproximadamente o dobro que no ano anterior, quando importou 1,55 milhões de t no valor de 2.700 milhões de $USD. Estima-se que a produção de carne de porco na China no ano de 2016 ascendeu a 51,85 milhões de t, 5,5% menos que em 2015 e 8,5% menos que em 2014. Apesar de que o ano de 2016 ter marcado um record nas importações chinesas de carne de porco estas apenas cobrem 5,7% da sua produção doméstica.

Quinta-feira, 16 de Março de 2017/ MAPAMA-Notícias del Exterior/ Espanha.
http://www.mapama.gob.es

Última hora

Reino Unido: prevenir o risco de PSA02-Jan-2018 há 1 anos 9 meses 12 dias

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim de notícias sobre o sector da carne de porco

Não estás inscrito na lista

11-Out-201904-Out-201927-Set-201920-Set-2019

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui