Leia este artigo em:

Estados Unidos: diminuem exportações de carne de porco

As exportações do primeiro trimestre ficaram 6% abaixo do ritmo do volume do ano passado (600.268 t) e 14% menos em valor (US $ 1.470 milhões).

3ª feira 28 Maio 2019 (há 5 meses 21 dias)
gosto

Desde meados de 2018, a maior parte da carne suína dos EUA que entra no México sofre um imposto de 20% em resposta às tarifas dos EUA sobre as importações de aço e alumínio. Este facto terminou com seis anos consecutivos de volumes recordes de exportação para o México e nos primeiros meses de 2019 não mostra sinais de melhoria. As exportações para o México durante o primeiro trimestre diminuíram 13% ao ano em volume (177.420 t) e 29% em valor (US $ 261,9 milhões). Os Estados Unidos continuam a ser o principal fornecedor de carne suína importada no México, mas o Canadá, o Chile e a União Europeia ganharam participação de mercado em 2019 e a produção nacional de carne de porco no México mostrou um aumento significativo.

A carne suína dos EUA também enfrenta impostos retaliatórios na China, elevando a tarifa total de 12% para 62%. Isto tornará difícil para a carne de porco dos EUA de beneficiar de qualquer aumento na procura chinesa por carne de porco importada, que os analistas prevêem para o segundo semestre de 2019 e mais tarde, devido à propagação da Peste Suína Africana. Até Março, as exportações dos EUA para a região da China / Hong Kong estavam 20% abaixo do volume do ano passado (89.689 t).

Em relação ao principal mercado de valor, o Japão, ele não impôs novas tarifas à carne de porco dos EUA, mas as exportações dos EUA estão em desvantagem em comparação com a carne de porco da União Europeia, Canadá e México por causa dos novos acordos comerciais com o Japão. Ao longo do primeiro trimestre, as exportações dos EUA para o Japão foram 9% menores em volume (92.503 t) e 11% em valor (US $ 374,9 milhões).

Outros destaques do primeiro trimestre para carne de porco dos Estados Unidos incluem:

  • forte crescimento contínuo na Colômbia e um grande aumento nos embarques para o Chile e Peru impulsionaram as exportações para a América do Sul em 41% sobre o ritmo recorde do ano passado (40.998 tm) e 40% a mais em valor (US $ 99, 3 milhões);
  • as exportações para a América Central e República Dominicana também continuam a superar o ritmo recorde de 2018, com forte crescimento na Guatemala, Costa Rica e Panamá, juntamente com o crescimento contínuo no mercado hondurenho, impulsionaram as exportações para a América Central em 12% a mais em volume (20.903 t) e 7% em valor (US $ 48,1 milhões), o volume exportado para a República Dominicana aumentou 15%, para 10.969 t, enquanto o valor aumentou 13%, para US $ 24,2 milhões;
  • a Oceania é um mercado-chave para presuntos e outros cortes destinados a processamento adicional e as exportações do primeiro trimestre aumentaram significativamente tanto na Austrália quanto na Nova Zelândia, o volume de exportações para a região aumentou 31% em relação ao ano anterior, para 30.070 toneladas, enquanto o valor aumentou 14%, para US $ 78,6 milhões;
  • as exportações para Taiwan aumentaram 83% em volume (6.584 t, o primeiro trimestre mais alto desde 2011) e 57% em valor (US $ 14,3 milhões). A carne suína dos EUA tem sido limitada em Taiwan por uma política de tolerância zero aos beta-agonistas, mas as exportações ainda apresentam uma tendência mais alta em comparação com os dois últimos anos. Em 2019, os Estados Unidos são o único fornecedor importante de carne de porco em Taiwan.

Sexta-feira, 10 de Maio de 2019/ USMEF/ EUA.
https://www.usmef.org

Artigos relacionados

Última hora

Diminui o abate de suínos na Alemanha28-Mai-2019 há 5 meses 21 dias

Notícias da Economia

Diminui o abate de suínos na Alemanha28-Mai-2019 há 5 meses 21 dias

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim de notícias sobre o sector da carne de porco

Não estás inscrito na lista

15-Nov-201908-Nov-201931-Out-201925-Out-2019

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui