Leia este artigo em:

Evolução dos preços do suíno na UE

Após um início plano a inícios de 2016, os preços foram aumentando constantemente a partir de finais de Abril de 2016.

6ª feira 7 Outubro 2016 (há 2 anos 2 meses 3 dias)

Contrariamente a 2015, os preços da carne de porco na UE, no que levamos de ano, parecem continuar o seu aumento sazonal durante o verão, segundo o relatório de perspectivas agrícolas a curto prazo publicado pela Comissão Europeia. 

Após um início plano a inícios de 2016, os preços foram aumentando constantemente a partir de finais de Abril de 2016. Desde o início de Julho que os preços se situaram acima dos 160 euros/100 kg e estabilizaram-se em volta dos 165 euros/100 kg. Este aumento de preços deve-se, principalmente, ao aumento das exportações para a China e a um equilíbrio mais ajustado entre a oferta e a procura na UE. Com relação ao preço dos leitões, depois de alguma recuperação do seu nível médio semanal, em inícios de Janeiro de 2016, o preço dos leitões estabilizou-se à volta dos 40 euros entre Fevereiro e finais de Maio, seguindo-se um ligeiro aumento em inícios de Junho para se estabilizar de novo durante o verão. O preço médio da UE, em Agosto, foi de cerca de 43 euros/cabeça, 30% superior ao do mesmo período do ano passado. Em Espanha, pelo contrário, os preços dos leitões já començaram a diminuir desde meados de Julho, antes da tendência sazonal, ainda que se mantenham muito acima dos preços do ano passado.

Preços da carcaça de porco na UE, classe E (€/100 kg)

precios porcino 2016

Fonte: DG Agricultura e Desenvolvimento Rural

Relativamente aos preços das rações, após uma breve subida, sobretudo da soja, reduziram-se de novo, reduzindo o custo da alimentação e melhorando a rentabilidade da produção suína. Por outra lado, a qualidade da colheita de cereais poderá ser tal que uma maior proporção de trigo se destine à produção de rações.

Em relação ao consumo de carne de porco na UE, esta atingiu os 32,4 kg per capita em 2015, quase mais 1 kg em comparação a 2014. Devido às perspectivas muito favoráveis das exportações da UE para a China, poderá haver uma escassez temporária no mercado da UE devido à preferência dos operadores pelas exportações. Portanto, espera-se que o nível de consumo per capita diminua 1,6% em 2016 situando-se nos 32 kg per capita e que se estabilize em 2017, mais ou menos em linha com a tendência dos últimos dez anos.

Outubro de 2016/ Directorate - General for Agriculture and Rural Development – Short Term Outlook – N° 16/ Unión Europea.
http://ec.europa.eu/agriculture

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim de notícias sobre o sector da carne de porco

Não estás inscrito na lista

07-Dez-201830-Nov-201823-Nov-201816-Nov-2018

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui