Leia este artigo em:

Previsões para as exportações europeias de carne de porco

Para este ano espera-se que as exportações de carne de porco da UE alcancem um nível récord de 2,7 milhões de toneladas (+ 24% sobre base anual).

3ª feira 11 Outubro 2016 (há 2 anos 10 meses 9 dias)
gosto

Segundo o último relatório da Comissão Europeia sobre perspectivas agrícolas a curto prazo, para este ano, espera-se que as exportações de carne de porco da UE alcancem um nível record de 2,7 milhões de toneladas (+ 24% sobre a base anual) graças ao impulso das exportações para a China. As negociações actuais para o acesso a outros mercados fechados devido a razões sanitárias e fitossanitárias, poderiam melhorar ainda mais a situação das exportações.

A sólida procura de importações por parte da China devido à restruturação do sector suíno explica o aumento de 44% nas exportações totais de carne de porco da UE durante o periodo Janeiro-Julho de 2016. As exportações de carne de porco da UE para a China alcançaram mais de 100 000 toneladas em Abril, Maio e Junho e representam agora mais de 40% das exportações totais de carne de porco da UE. Todos os países da UE que exportam para a China viram duplicar e inclusive triplicar as suas exportações desde o princípio de 2015. A Alemanha, a Espanha e a Dinamarca são os maiores exportadores, com 31%, 19% e 17% das exportações de carne da UE para a China, respectivamente. No entanto, o tipo de câmbio euro/yuan, a capacidade de produção de carne de porco da UE e as consequências da desaceleração económica na procura do consumidor chinês e o seu sector suinícola poderão influenciar uma descida das exportações da UE nos próximos meses.

De acordo com o relatório Perspectivas Agrícolas da China, prevê-se uma grande procura anual de importação de carne de suíno a médio prazo, embora a um nível inferior (cerca de 900 000 toneladas em 2025). Tendo isto em conta, o nível actual das exportações da UE para a China deve ser considerado como uma oportunidade a curto prazo em vez de um facto a médio prazo. Outros exportadores importantes para a China são os E.U.A. e o Canadá, representando 14% e 11% do total das importações de carne de porco chinesas no período Janeiro-Julho de 2016.

Outros aumentos notáveis na primeira metade de 2016 foram observados nos envios da UE para o Japão (+ 16% ), Taiwán (+ 15%), Ucrânia (9%) e E.U.A. (+ 40%). A disputa sobre as taxas aduaneiras que agravam certas exportações de carne de porco para as Filipinas foi resolvida e reflecte-se num aumento de 33% na primeira metade de 2016 (+17 000 toneladas). 

Outubro de 2016/ Directorate - General for Agriculture and Rural Development – Short Term Outlook – N° 16/ União Europeia.
http://ec.europa.eu/agriculture

Última hora

Reino Unido: prevenir o risco de PSA02-Jan-2018 há 1 anos 7 meses 18 dias

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

Última hora

Um boletim de notícias sobre o sector da carne de porco

Não estás inscrito na lista

02-Ago-201926-Jul-201919-Jul-201912-Jul-2019

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui