Leia este artigo em:

China: estabiliza a produção suína e desacelera o aumento dos preços

De acordo com as informações publicadas pelo Ministério da Agricultura da China, as políticas e medidas para apoiar a produção suína do país trouxeram sinais de melhoria tanto na produção como nos preços.

3ª feira 1 Outubro 2019 (há 1 meses 18 dias)
gosto

Recuperação da produção

Em 18 Províncias, entre as quais Hebei, Shandong, Hunan e Sichuan, foram aplicadas medidas específicas para a recuperação estável da produção suína, enquanto que noutras 13 serão implementadas no futuro próximo. Destaca-se o início da construção de 13 grandes explorações na Província de Sichuan e espera-se que aumente a capacidade de produção em 2 milhões de cabeças.

Nalgumas Províncias o número de porcos vivos deixou de diminuir. Em Agosto, o número de suínos vivos em 10 Províncias manteve-se estável ou aumentou. Por outro lado, de acordo com a monitorização de mais de 5000 suiniculturas, as existências de suínos vivos e porcas reprodutoras em Agosto diminuíram 0,3% e 1,8% respectivamente, valores significativamente menores. Outro sinal da melhoria na produção suína é a produção de rações para leitões, que recuperou. De acordo com o acompanhamento feito às empresas de produção de alimentos no País, em Agosto esta foi de 1,46 milhões de toneladas, que representa um aumento de 2,2% relativamente ao mês anterior. O primeiro aumento nos últimos cinco meses, o que significa que o número de leitões está a aumentar. Outro factor é o aumento do volume de vendas de marrãs, que aumentou significativamente. De acordo com a monitorização de 100 empresas chave de produção, as vendas de marrãs em Agosto aumentaram em mais de 80% relativamente ao mês anterior.

Desacelera o aumento de preços dos porcos e da carne de porco

Na terceira semana de Setembro, o preço médio dos porcos vivos em todo o país situou-se nos 27,15 yuans por quilograma (ver evolução dos preços na nossa secção Preços do porco), mais 1,8% que na semana anterior e mais 91,3% que há um ano. Nas últimas 4 semanas, o aumento dos preços dos porcos vivos desacelerou, passando de aumentos de 8,7% há 4 semanas para 5%, 2,9% e 1,8%.

Deve-se destacar a disparidade de preços entre as diferentes Províncias, com preços de 31,54 yuans/kg no sul e 24,64 yuans/kg no noroeste na semana passada.

Estas melhorias também se repercutem nos preços da carne de porco, que se situaram, na passada semana, nos 42,57 yuans por quilograma, mais 1,6% que na semana anterior, aumento abaixo do observado nas últimas 4 semanas (8,6% , 6,3% , 3,4% e 1,6%). Tal como aconteceu com o preço dos porcos vivos, o preço da carne de porco é díspar entre zonas, situando-se nos 48,96 yuans/kg no sul da China ou nos 39,15 yuans/kg na região noreste na última semana.

Sexta-Feira, 27 de Setembro de 2019/ Redacção 333 a partir de dados do Ministério da Agricultura da China.
http://www.moa.gov.cn

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3
Insere um novo comentário

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

tags

Última hora

Um boletim de notícias sobre o sector da carne de porco

Não estás inscrito na lista

15-Nov-201908-Nov-201931-Out-201925-Out-2019

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui