Leia este artigo em:

UE: previsto valor record nas exportações de carne de porco

Graças ao impulso das exportações para a China, espera-se que as exportações de carne de porco da UE alcancem um nível record de 2,4 milhões de toneladas (+18% sobre uma base anual), em 2016.

3ª feira 12 Julho 2016 (há 2 anos 4 meses 28 dias)

A Comissão Europeia publicou recentemente o relatório "Short-Term Outlook for EU arable crops, dairy and meat markets in 2016 and 2017" segundo o qual, graças ao impulso das exportações para a China, espera-se que as exportações de carne de porco da UE alcancem um nível record de 2,4 milhões de toneladas (+18% sobre uma base anual), em 2016. As negociações actuais para o acesso a outros mercados podem mesmo melhorar ainda mais a situação das exportações.

A sólida procura das importações de carne de porco por parte da China devido à reestruturação do seu sector suíno, explica o aumento das exportações europeias desta carne nos primeiros quatro meses de 2016 (+40%). As exportações de carne de porco da UE para a China alcançaram mais de 100.000 toneladas em Abril e agora representam quase 40% das exportações totais. As exportações de sub-produtos para a China mostraram uma tendência similar, aumentando em 40% anual. De acordo com as perspectivas agrícolas da China, está prevista que a procura de importação de carne de porco continúe a médio prazo (900.000 toneladas em 2025). Todos os países da UE que exportam para  a China viram as suas exportações duplicadas ou triplicadas desde o início de 2015. A Alemanha, a Espanha e a Dinamarca são os principais exportadores para a China com 29%, 23% e 16% do total, respectivamente, durante os primeiros quatro meses de 2016. Apenas a Polónia não pode exportar para a China devido à presença de Peste Suína Africana (PSA). O câmbio yuan/euro e as consequências da desaceleração económica na procura do consumidor chinês e o seu sector de carne poderão inflênciar a diminuição das exportações da UE no futuro. Foram observados também aumentos importantes nas remessas de carne de porco com destino às Filipinas, Ucrânia, Hong Kong e E.U.A.

Exportações de carne de porco da UE para a China (1000 t)

UE to china pigmeat exports

A recuperação da cota de mercado dos Estados Unidos no cenário internacional após a crise devida à presença da DES em 2014 parece necessitar de mais tempo que o esperado. As exportações norte-americanas são mais baixas no primeiro trimestre de 2016 em comparação com o ano passado, o que explica o porquê das exportações da UE para o Japão serem melhores que o esperado. Por outro lado, o relatório da UE prevê que se mantenha a proibição das importações da Rússia, iniciadas em Agosto de 2014. De qualquer modo, devido ao desenvolvimento da produção de carne de porco da Rússia, a situação económica débil e a chegada ao mercado de outros fornecedores, não se espera que as exportações da UE para a Rússia se reatem por completo, mesmo que seja levantada a proibição das importações.

Sexta-feira, 8 de Julho de 2016/ CE/ União Europeia.
http://ec.europa.eu/agriculture

Comentários ao artigo

Este espaço não é uma zona de consultas aos autores dos artigos mas sim um local de discussão aberto a todos os utilizadores de 3tres3

Para fazeres comentários tens que ser utilizador registado da 3tres3 e fazer login

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui

Última hora

Um boletim de notícias sobre o sector da carne de porco

Não estás inscrito na lista

07-Dez-201830-Nov-201823-Nov-201816-Nov-2018

faz login e inscreve-te na lista

Ainda não és utilizador registado de 333?regista-tee acede a preços dos porcos, pesquisador, ...
É gratuito e rápido
Já estás registado na 333?LOGINSe esqueceste a tua password nós enviamos novamente aqui